Bagavadeguitá, Nonell & Instituto Gita, Vivekananda

Sri Ramakrishna (Bhakti) e Swami Vivekananda (Jnana)



Sri Ramakrishna era todo Bhakti por fora, mas por dentro ele era todo Jnana

Curso Realização do Bagavadeguitá - Mestrado Bagavadeguitá e Filosofia da Ioga

Reflexão de Pedro Nonell (Sri Ramakrishna e Swami Vivekananda)

O Bagavadeguitá nos mostra quatro caminhos principais da ioga: Carma, Dhyana, Bhakti e Jnana-ioga. Todos eles válidos.

Sri Ramakrishna era todo Bhakti por fora, mas por dentro ele era todo Jnana
Sri Sarada Devi, Evangelho de Sri Ramakrishna, M. Gupta, Swami Sarvapriyananda

Bagavadeguitá em Espanhol Sri Ramakrishna (Bhakti) y Swami Vivekananda (Jnana)

Acredito que este parágrafo nos ensina a combinação divina entre Jnana-ioga (Conhecimento) e Bactiioga (Devoção).

Ou amor de Sri Ramakrishna por Swami Vivekananda criou um equilíbrio entre seu intelecto e seu coração. Por instinto, Naren era um filósofo. Sri Ramakrishna fez dele um devoto. Quando jovem, ele era agnóstico. Além disso, Swami Vivekananda foi um dos grandes Carma iogues da história.

Sri Ramakrishna costumava dizer:

“Os Jnanis geralmente têm aparência seca; mas os Bhaktas são agradáveis ​​aos olhos”.

Swami Vivekananda disse certa vez a um de seus discípulos

Sri Ramakrishna era todo Bhakti por fora, mas por dentro ele era todo Jnana; Eu sou todo Jnana, sim; mas dentro do meu coração tudo é Bhakti.”.

Fonte: “A vida de Swami Vivekananda” ADVAITA ASHRAMA (infância-Morte de Ramakrishna, Cabo Comorin, Parlamento das Religiões de Chicago, Londres, Retorno à Índia)

O que você acha desta combinação da Jnana-ioga e Bactiioga?

Curso: Realização do Bagavadeguitá. Ensinamentos Sri Ramakrishna Swami Vivekananda. Vedanta



(c) Instituto Gita (IGRCY)

Instagram Livro A Ioga da Sabedoria: Bagavadeguitá - Pedro Nonell Instagram

No usamos cookies
Inicio de página