Bagavadeguitá, Nonell & Instituto Gita, Vivekananda

Meu compromisso com o Bagavadeguitá (Pedro Nonell)



Vídeo: Meu compromisso com o Bagavadeguitá, Sri Ramakrishna e Swami Vivekananda

Por Pedro Nonell.

Bagavadeguitá em Espanhol Mi compromiso con el Bhagavad Gita (Pedro Nonell)

Muitas pessoas me perguntaram sobre o meu compromisso com o Bagavadeguitá, muitas pessoas até me perguntaram, por motivos de trabalho ou de amigos, se eu havia me convertido ao Hinduísmo, e devo dizer que não. Acredito que o Bagavadeguitá vai além de qualquer religião, até mesmo o Vedanta, acredito, abrange todas as outras.

Pedro Nonell: facilitar o acesso ao conhecimento do Bagavadeguitá
Minha missão em relação ao Bagavadeguitá

Meus primeiros contatos com o Bagavadeguitá foram quando eu era jovem, graças ao meu avô, aliás no livro que escrevi “A Ioga da Sabedoria (Bagavadeguitá)” a primeira dedicatória é ao meu avô. Quando eu tinha cinco ou seis anos, ele me sentava ao piano e me explicava as histórias de Siegfried, Tristão ou Arjuna. E isso parou por aí, entre 15 e 20 anos atrás comecei a estudar novamente o Bagavadeguitá, para voltar a ele, além do Tao Te Ching, o Alcorão... e me apaixonei pelo Bagavadeguitá com todos eles.

E este é o compromisso que adquiri nesta nova fase da minha vida de dar a conhecer os princípios ensinados no Bagavadeguitá, que acredito serem:

  1. Universais, além de qualquer religião ou crença espiritual
  2. Atemporais, são igualmente válidos para Arjuna e para qualquer um de nós e perfeitamente aplicáveis ​​no mundo de hoje.

Inclusive vi em ação o princípio da Harmonia entre as Religiões de Sri Ramakrishna, que deriva diretamente do Bagavadeguitá, e o coloquei em prática na África nos projetos que venho desenvolvendo lá.

Insisto, o Bagavadeguitá é um livro atemporal, válido para todos os tempos e lugares, e talvez tenha sido disso que mais gostei.

Complemento tudo isso também com os ensinamentos de duas figuras que considero essenciais: Sri Ramakrishna Paramahansa e Swami Vivekananda.

Que são, antes de tudo, aqueles que realizaram em suas próprias vidas os princípios que emanam do Bagavadeguitá. Ou seja, uma coisa é ter a teoria explicada para nós no Bagavadeguitá, e outra é analisar como outras pessoas aplicaram esses princípios em suas vidas. E este é o segundo compromisso que assumo: dar a conhecer os ensinamentos e valores de:

Sri Ramakrishna: Tantos Caminhos, tantas religiões
Sri Ramakrishna Paramahansa. Tantos Caminhos, tantas religiões. Bagavadeguitá

1- Sri Ramakrishna, um grande desconhecido no Ocidente, o homem que viu Deus, um homem que Gandhi e muitos outros consideraram como uma encarnação da sabedoria, de Vixnu, na verdade muitos hindus hoje o consideram como uma encarnação: o Avatar do nova era, na verdade seu nome é Rama e Krishna, as duas encarnações do Ramayana e do Mahabharata.

2- E então seu discípulo Swami Vivekananda, sem o qual certamente ninguém teria compreendido os ensinamentos de Ramakrishna.

visão Swami Vivekananda: Libertar humanidade da ignorância (Bagavadeguitá e Vedanta)

E este é o compromisso que assumo pessoalmente, através do livro e do Instituto Gita que criamos recentemente.

Muito obrigado

Namasté!!!

Vídeo - Índia: poder espiritual do mundo

Baixe PDF

Curso Carmaioga (filosofia Ação altruísta) mãos para trabalhar (Bagavadeguitá)
Curso Carmaioga



Livro Bagavadeguitá (Ioga da Sabedoria, Gandhi, Sivananda) Pedro Nonell
Comprar Livro


(c) Instituto Gita (IGRCY)

Instagram Livro A Ioga da Sabedoria: Bagavadeguitá - Pedro Nonell Instagram

No usamos cookies
Inicio de página