Bagavadeguitá, Nonell & Instituto Gita, Vivekananda

Autoconhecimento, auto-estudo e Bagavadeguitá



Chaves para estudar o Bagavadeguitá (Filosofia da Ioga): auto-estudo, autoconhecimento e coragem

Como estudar o Bagavadeguitá

O aprendizagem do Bagavadeguitá (Filosofia da Ioga) deve ser baseado no auto-estudo e no autoconhecimento (“ninguém pode aprender por você”).

Bagavadeguitá em Inglês Self-Knowledge and Bhagavad Gita Bagavadeguitá em Espanhol Autoconocimiento

«Pela Tua graça, ó Achyuta, minha ilusão foi destruída, minha compreensão retornou. Tenho certeza de que minhas dúvidas foram dissipadas; Eu cumprirei a sua vontade» Bagavadeguitá XVIII (Ioga da Libertação através da Renúncia)-73

Bem como Arjuna enfrentou seus medos internos ou a sua ignorância e acabou lutando e vencendo, você também deve abordar o estudo do Bagavadeguitá.

A maior lição da Carmaioga (Filosofia) no Bagavadeguitá: Sri Krishna
A maior lição da Carmaioga (Filosofia) no Bagavadeguitá: Sri Krishna

Você não terá Sri Krishna para lhe revelar a suprema Sabedoria (o mais misterioso de todos os conhecimento), mais terá os professores e o acesso às diferentes versões do Bagavadeguitá e às opiniões e obras de Sri Ramakrishna, Swami Vivekananda, Gandhi, Swami Sivananda, Swami Vidya Prakashananda o Swami Sarvapriyananda.

Mas você deve ser quem aprende, não nós que ensinamos, as nuances são importantes.

Implica que quase todo o modelo educacional é baseado no estudo de material escrito (leitura do Bagavadeguitá).

Exemplo (Espanhol) do verso 66 do capítulo XVVIII
(Capítulo XVIII) Moksha Sannyasa Ioga (Gita Makaranadam, Vidyaprakashananda, Filosofia)

Comentário Capítulo Moksha Sannyasa Ioga. Gita Makaranadam, Swami Vidyaprakashananda

Comentário Capítulo Moksha Sannyasa Ioga. Gita Makaranadam, Swami Vidyaprakashananda

Comentário Vivekananda Moksha Sannyasa Ioga. Gita Makaranadam, Swami Vidyaprakashananda

Aproveitam-se as novas tecnologias de treinamento online, você pode baixar as matérias de qualquer lugar do mundo, pode imprimir, estudar, anotar suas dúvidas e comentários, refletir sobre, comparar os ensinamentos do Bagavadeguitá com seus ambiente e com você mesmo, leia até outras versões.

E você deve ler a matéria novamente, e uma vez meditada sobre ela, é quando você terá um certo conhecimento sobre o assunto e somente com o tempo (talvez ao longo da vida), meditação e autoconhecimento você conseguirá transformá-lo, talvez, em sabedoria.

Se você tiver dúvidas importantes, o professor tentará orientá-lo sobre como encontrar a solução, em vez de lhe dar a solução. Em muitos casos, o professor pode não ter a resposta adequada.

O Bagavadeguitá baseia-se, entre outros princípios, no Conhecimento, no autoconhecimento (Realização do Bagavadeguitá), na Devoção, na ação ou na coragem.

«Não ceda à covardia, não é próprio de ti. Sacuda seu coração miserável e tênue e levante-se!» Bagavadeguitá II (Sânquia-ioga (Filosofia))-3

Krishna chamou Arjuna de covarde por não cumprir seu dever (Darma) de lutar devido à sua ignorância, apego e medo.

Quando Arjuna demonstrou sua fé em seu professor, foi então que o Senhor revelou o Bagavadeguitá a toda a humanidade. O estudo do Bagavadeguitá não é possível a menos que seja abordado com coragem. Portanto, seu estudo deve ser baseado no conceito de autoconhecimento, onde o aluno/buscador aceita esse direito e tem coragem de explorar seu infinito mundo interior.

Curso Bagavadeguitá (Filosofia da Ioga) de acordo com Gandhi, comentários Sivananda) em Espanhol



(c) Instituto Gita (IGRCY)

Instagram Livro A Ioga da Sabedoria: Bagavadeguitá - Pedro Nonell Instagram

No usamos cookies
Inicio de página