Bagavadeguitá, Nonell & Instituto Gita, Vivekananda

Sankhya Sânquia Ioga, Bagavadeguitá



Diferença entre o corpo (finito) e Atman (Imperecível) Ioga do Conhecimento (filosofia Sânquia) Luta Arjuna, Bagavadeguitá II

Curso Carmaioga - Mestrado Bagavadeguitá e Filosofia da Ioga

unidade curricular Bagavadeguitá

Sânquia-ioga, capítulo II do Bagavadeguitá

  1. Introdução e resumo do capítulo II- O Sânquia-ioga (Conhecimento)
  2. Leitura do capítulo Sânquia-ioga (Bagavadeguitá de Gandhi, Sivananda):
  3. Principais temas do capítulo Sânquia-ioga:
    1. Versos 1-10: Arjuna não consegue discernir seu dever e busca ajuda de seu mestre Sri Krishna
    2. Versos 11-30: Sânquia-ioga. Diferença entre corpo (finito) e Atman (eu Imperecível)
    3. Versos 31-37:
    4. Versos 38-53: A Carmaioga (Nishkama Carma): a ação altruísta para libertar-se da escravidão da ação (Carma Sannyasa Yoga). A Ioga da Sabedoria
    5. Versos 54-72: O homem da Sabedoria inabalável através para libertar-se da Dhyanaioga (Meditação)
  4. Leitura da versão versificada do capítulo II
  5. Análise de cada shloka e seus comentários do capítulo II (Gita Makaranadam de Swami Vidya Prakashananda)
  6. Sânquia-ioga
    1. Introdução ao Sânquia-ioga
    2. Um estudo sobre a filosofia Sânquia (por Swami Vivekananda)
    3. Sânquia e Vedanta (Swami Vivekananda)
  7. Leituras de Swami Vivekananda e Sri Ramakrishna relacionadas à Sânquia-ioga
  8. Exercícios do capítulo II- A Ioga do Conhecimento (Sânquia)

Esquema do capítulo II- Sânquia-ioga:
Esquema capítulo II filosofia Sankhya (Sânquia). Curso Carmaioga (Bagavadeguitá)

Bagavadeguitá em Espanhol Sankhya Yoga, Bhagavad Gita

Capítulo II, verso 16 (Gita Makaranadam de Swami Vidyaprakashananda)
Capítulo II Sânquia-ioga (Gita Makaranadam, Vidyaprakashananda, Filosofia)

Comentário Capítulo II Sânquia-ioga (Gita Makaranadam, Vidyaprakashananda, Filosofia)

Bagavadeguitá II-39 conhecimento (Sânquia Ioga); ação (Carmaioga)

Importante: este capítulo é fundamental no Bagavadeguitá, pois contém os principais ensinamentos transmitidos pelo Senhor, através de Sri Krishna, a Arjuna, e para toda a humanidade. Nos seguintes capítulos, Krishna responderá às dúvidas de Arjuna e expandirá os tópicos já explicados. ortanto, dedique muito esforço e amor ao estudo e à assimilação da sabedoria contida neste capítulo sobre Sânquia-ioga.

E não se esqueça que seu objetivo como buscador é aplicar essas pérolas de sabedoria em sua vida para alcançar a iluminação e libertar-se do sofrimento.

Verso chave do Bagavadeguitá

Para Swami Vivekananda versículo 3 “Ó Arjuna! Não ceda ao desamparo. Isso não beneficia você. Abandone esta miserável fraqueza do seu coração. Levante-se, ó opressor de inimigos!” Ele contém a essência do Bagavadeguitá.

Swami Sarvapriyananda (monge Ordem Ramakrishna) Bagavadeguitá e Vedanta


O aluno inicia o estudo do segundo capítulo (Sânquia Ioga), um dos fundamentos do Bagavadeguitá, refletindo sobre as respostas de Sri Krishna às objeções de não lutar levantadas por Arjuna, apegando-se ao seu apego aos parentes contra os quais estava indo. lutar, e temer, e exortando-o a lutar.

O ensinamento chave deste capítulo é a diferença entre corpo (não-Eu, finito) e Atman (eu, imperecível, além da morte).

Além disso, analisaremos outros pontos fundamentais apresentados neste capítulo, como a necessidade de equilibrar a mente e ser equânime, evitando pares de opostos, como controlar os sentidos, a liberdade para decidir o comportamento, o apego como causa geradora do desejo e a raiva, a necessidade de basear as nossas vidas no conhecimento e não na ignorância, a necessidade de olhar para dentro de nós mesmos e perceber que Deus reside em nossos corações, as características de um “homem de entendimento seguro”…

Bagavadeguitá II-22 Atman rejeita os corpos como o homem a roupa
Bagavadeguitá II-22 Atman rejeita os corpos como o homem a roupa (Filosofia da Ioga)

«Bem como Atman vivencia a infância, a juventude e a velhice em seu corpo atual, ele receberá outro corpo. O homem sábio não se deixa enganar por isso... bem como um homem descarta roupas usadas e pega novas, Atman descarta corpos desgastados e parte para novos» Bagavadeguitá II-13 -22.

«Atman nunca nasce nem nunca morre, nem tendo sido, nunca deixará de ser; não nascido, eterno, imperecível, primordial. Atman não morre quando o corpo morre.” Bagavadeguitá II-29.

Compreender bem o conceito de Atman, e de que Deus reside em nós e, portanto, está em todos os seres, o que será analisado em outros capítulos, será vital para a compreensão da profunda sabedoria do Bagavadeguitá e da Filosofia da Ioga.

Depois de ter ensinado a Arjuna a natureza imortal do Atman, Sri Krishna apresentou-o a Carmaioga, a filosofia da Ioga de ação altruísta que ele desenvolverá extensivamente no Capítulo III A Ioga da Ação (Carma):

Porque no Ocidente falamos mais das Iogassutras de Patanjali (Filosofia da Ioga) que do Bagavadeguitá?

Ioga para Swami Vivekananda: equanimidade mental ante o sucesso e o fracasso
Swami Vivekananda

Reconhecimento telugu Pedro Nonell tradução Bagavadeguitá



Bagavadeguitá II-38 Ioga da equanimidade: assume igualmente o prazer e o dor

Bagavadeguitá II-50 Abandonar o fruto da ação (Carma Shankya Ioga)

Bagavadeguitá II-48 A Ioga é a Imparcialidade da mente (Filosofia Ioga)

Bagavadeguitá: Atman não pode ser queimado, nem o vento pode secá-lo

A equanimidade mental diante do sucesso e do fracasso (Samatvam) é Ioga


Curso Carmaioga (filosofia Ação altruísta) mãos para trabalhar (Bagavadeguitá)




(c) Instituto Gita (IGRCY)

Instagram Livro A Ioga da Sabedoria: Bagavadeguitá - Pedro Nonell Instagram

No usamos cookies
Inicio de página