Bagavadeguitá, Nonell & Instituto Gita, Vivekananda

Filosofia Sânquia por Swami Vivekananda



O Bagavadeguitá / Vedanta e a filosofia dualista do Sânquia-ioga (Swami Vivekananda). Kapila

Curso Carmaioga - Mestrado Bagavadeguitá e Filosofia da Ioga

unidade curricular Bagavadeguitá

A filosofia Sankhya (Sânquia) por Swami Vivekananda

  1. Introdução ao Sânquia-ioga
  2. Estudo sobre a filosofia Sankhya (Sânquia)
  3. Kapila: o grande pai da filosofia
  4. Comparação entre Sânquia e Vedanta Advaita
  5. Filosofia da Ioga
  6. A doutrina Sânquia por Mahadev Desai

Exemplo da unidade curricular: A filosofia Sankhya (Sânquia) por Swami Vivekananda
A filosofia Sankhya (Sânquia) Ioga e o Bagavadeguitá (Swami Vivekananda) Kapila

A filosofia Sankhya (Sânquia) por Swami Vivekananda. Kapila

Bagavadeguitá em Espanhol Filosofía Sankhya, Swami Vivekananda


Sânquia-ioga (uma escola de filosofia hindu dualista) é uma das seis principais tradições do hinduísmo. O sábio Kapila é considerado um dos fundadores da escola Sânquia. O Sankhya-Karika é sua obra de referência mais importante. Adi Shankara (Escola Advaita Vedanta) considerou a doutrina Sânquia totalmente oposta à Vedanta

Sânquia-ioga é extensivamente analisado no capítulo II- Ioga Conhecimento (Sânquia) do Bagavadeguitá. O Bagavadeguitá conseguiu harmonizar diferentes tradições, incluindo a Sânquia-ioga.

Bagavadeguitá II-39 conhecimento (Sânquia Ioga); ação (Carmaioga)
Jnana Carma Sannyasa Yoga

Abaixo estão algumas reflexões sobre a filosofia Sankhya (Sânquia) de Swami Vivekananda:

De acordo com a filosofia Sânquia, “a natureza é onipresente, uma massa onipresente da natureza, na qual estão as causas de tudo o que existe”.

A primeira manifestação desta Prakriti no cosmos é o que o Sankhya chama de “Mahat”. «Podemos chamar-lhe inteligência: o grande princípio, o seu significado literal. A primeira mudança em Prakriti é esta inteligência... Ela cobre todos os reinos do subconsciente, da consciência e do superconsciente.

«Não há filosofia no mundo que não esteja em dívida com Kapila. Pitágoras veio para a Índia e estudou esta filosofia, e esse foi o início da filosofia dos gregos. Mais tarde formou a escola Alexandrina e, mais tarde, a Gnóstica. Foi dividido em dois; uma parte foi para a Europa e Alexandria, e a outra permaneceu na Índia; e a partir daí foi desenvolvido o sistema Viasa.

A filosofia Sânquia de Kapila foi o primeiro sistema racional que o mundo já viu.

Todos os metafísicos do mundo devem prestar-lhe homenagem. Quero deixar claro que somos obrigados a ouvi-lo como o grande pai da filosofia.

Onde quer que exista alguma filosofia ou pensamento racional, isso deve algo a Kapila. Pitágoras aprendeu na Índia e ensinou na Grécia. Mais tarde, Platão teve uma ideia disso; e ainda mais tarde os gnósticos levaram o pensamento para Alexandria, e de lá chegou à Europa. Portanto, onde quer que haja qualquer tentativa de psicologia ou filosofia, o grande pai disso é este homem, Kapila."

«De todas as árvores, Eu sou Ashvattha; dos sábios divinos, Narada; do coro celestial, Eu sou Chitraratha; dos perfeitos, Eu sou o asceta Kapila» Bagavadeguitá X-26.

«Apontarei aqui a diferença entre Schopenhauer e a filosofia indiana. Schopenhauer diz que o desejo, ou vontade, é a causa de tudo. É a vontade de existir que se manifesta para nós, mas nós a negamos. A vontade é idêntica aos nervos motores. Quando vejo um objeto não há vontade; quando suas sensações são levadas ao cérebro, vem a reação, que diz “Faça isso” ou “Não faça isso”, e esse estado de substância do ego é o que se chama vontade. Não pode haver uma única partícula de vontade que não seja uma reação. Tantas coisas precedem a vontade. É apenas algo fabricado a partir do ego, e o ego é um produto de algo ainda mais elevado: a inteligência, e isso novamente é uma modificação da natureza indiscreta. Essa era a ideia budista, de que tudo o que vemos é a vontade. Psicologicamente é totalmente errado, porque a vontade só pode ser identificada com os nervos motores. Se os nervos motores forem removidos, o homem não terá vontade alguma. Este fato, como talvez vocês bem saibam, foi descoberto após uma longa série de experimentos feitos com animais inferiores».

visão Swami Vivekananda: Libertar humanidade da ignorância (Bagavadeguitá e Vedanta)
agavadeguitá de acordo com Swami Vivekananda

Fonte: Obras Completas de Swami Vivekananda, Volume 2

Traduzido por Pedro Nonell ©

O que é Ioga de acordo com o Bagavadeguitá?

unidade curricular impartida pelo Instituto Gita da Ciência da Ioga

O restante deste resumo sobre “A filosofia Sankhya (Sânquia) por Swami Vivekananda” (Filosofia da Ioga) está disponível apenas para estudantes do Instituto Gita

Curso Carmaioga (filosofia Ação altruísta) mãos para trabalhar (Bagavadeguitá)

Porque no Ocidente falamos mais das Iogassutras de Patanjali (Filosofia da Ioga) que do Bagavadeguitá?



(c) Instituto Gita (IGRCY)

Instagram Livro A Ioga da Sabedoria: Bagavadeguitá - Pedro Nonell Instagram

No usamos cookies
Inicio de página