Bagavadeguitá, Nonell & Instituto Gita, Vivekananda

Crença, religião, espiritualidade e Bagavadeguitá



Você precisa acreditar em algo para se beneficiar dos ensinamentos do Bagavadeguitá?

Como estudar o Bagavadeguitá

O objetivo final do Bagavadeguitá é que a pessoa realize sua divindade interior (Atman-Jnana) para se unir ao Absoluto, seja lá como for chamado: Deus, Parabrahman ou Allah. Ou seja, alcançar o autoconhecimento.

Conhecimento e espiritualidade (Swami Vivekananda) Bagavadeguitá (Filosofia da Ioga)

Bagavadeguitá em Inglês Belief, religion and Bhagavad Gita Bagavadeguitá em Espanhol Religión, espiritualidad y Bhagavad Gita

Espiritualidade, religião e Bagavadeguitá

Para isso, Sri Krishna ensinou diferentes caminhos da ioga para alcançá-lo:

  1. Carmaioga (Ação)
  2. Dhyanaioga (Meditação)
  3. Jnana-ioga (Conhecimento)
  4.  Bactiioga (Devoção)

Mas ninguém pode recorrer exclusivamente a um deles. Por exemplo, Carma não pode ser seguido sem a Jnana-ioga.

Além disso, o Bagavadeguitá, e Sri Ramakrishna em particular, afirmam que qualquer caminho (ioga, religião, filosofia) que o homem siga o levará igualmente à Realidade Absoluta Superior. Isto é, não importa se alguém é cristão, muçulmano ou hindu, no final o mesmo objetivo é alcançado.

Sri Ramakrishna: Tantos Caminhos, tantas religiões
Sri Ramakrishna Paramahansa. Tantos Caminhos, tantas religiões. Bagavadeguitá

A Escola filosófica seguida pelo Instituto Gita é Advaita Vedanta (não-dual), que abrange todas as religiões e crenças, até mesmo aos sistemas dualistas (Dvaita)

Vedanta, a essência da Jnana-ioga, alternativa à profunda crise espiritual do Ocidente
Universalidade da Vedanta

De um ponto de vista mais técnico, o Capítulo I do Bagavadeguitá (A Ioga do Desânimo de Arjuna) é acessível a todos, independentemente do que se acredita. O conceito de Atman está presente em todas as religiões, até mesmo os agnósticos acreditam nele, mas surgem dúvidas se os ateus aceitariam os conceitos do Capítulo II (Sânquia-ioga), no qual se baseia todo o Bagavadeguitá.

A grande vantagem da Carmaioga é que ele é aplicável a toda a humanidade, seja ela budista, agnóstica, cristã ou jainista. E essa é a grande contribuição da Carmaioga. E Swami Vivekananda demonstrou isso bem em seus ensaios sobre Carmaioga.

Espiritualidade: derrota da paixão e dessenraizamento do desejo (Swami Vivekananda)

Obviamente, dos outros caminhos, principalmente Bactiioga, é preciso acreditar em alguma coisa, caso contrário fica difícil imaginar o que adorar. Seja como for, Bactiioga é o caminho do Cristianismo, do Islã, o caminho Bhakti do Hinduísmo, etc.

Jnana-ioga verdadeiramente é um caminho desenhado sobretudo para aqueles que seguem principalmente a Vedanta, mas lembremos que a Vedanta abrange todas as religiões, na verdade, o Cristianismo diz algo semelhante: “O Reino de Deus está dentro de você.” o que lembra muito o “Tudo é Um” da Vedanta.

Porém, nossa grande dúvida é com os ateus: eles podem se beneficiar do Bagavadeguitá? Talvez a seguinte reflexão de Sri Ramakrishna o ajude a concentrar seu estudo do Bagavadeguitá:

Sri Ramakrishna Deus Ateísmo. Cursos Livro Bagavadeguitá

Ou seja, não pedimos que o buscador “vá à missa todos os dias”, nem que siga este ou aquele caminho espiritual ou religião, simplesmente que acredite em algo Superior que “segue o caminho do bem”, e que o faça. não acredito que “o homem é a medida de todas as coisas” (Protágoras). Que fique claro que acima de tudo respeitamos qualquer crença ou descrença.




(c) Instituto Gita (IGRCY)

Instagram Livro A Ioga da Sabedoria: Bagavadeguitá - Pedro Nonell Instagram

No usamos cookies
Inicio de página